Caderno n.83 – Epístolas morais a Lucílio

Lúcio Aneu Sêneca

Baixar

Descrição

Escritas provavelmente nos últimos anos de vida de Sêneca, as Epístolas morais para Lucílio compõem a mais completo retrato daquilo que se designa como a filosofia estoica senequiana. Nos dois textos aqui selecionados (epístolas VII e X), Sêneca discute, retomando algo da filosofia Epicurista e também modelando seu próprio estoicismo, a condição humana no mundo e em sociedade, a necessidade de saber estar-no-mundo. Ao final das traduções, há um breve comentário que busca elucidar melhor a relação entre as duas cartas escolhidas.
“[…] não deves nem aos maus assemelhar-te porque são muitos, nem criar muitos inimigos por serem diferentes de ti. Refugia-te em ti mesmo o quanto puderes. Busca estar com aqueles que te fazem sentir melhor, acolhe aqueles que tu podes tornar melhores. Praticando a reciprocidade, aqueles que ensinam também aprendem.”

Informação adicional

Ano

2018

Tradução e comentário
Sérgio Maciel

Capa e projeto gráfico
Clarice G. Lacerda