O Pobre de Pedir

Raul Brandão

R$ 30,00

Leia um trecho

Categorias ,

Descrição

Escrito próximo da morte de Raul Brandão “O Pobre de Pedir” não teve revisão do autor, que foi um dos escritores mais estimados por Herberto Helder. Editado postumamente em 1931, o livro começa com a chegada de um pobre à aldeia. Se, por um lado, o pobre de pedir é uma imagem aterradora pela sua impotência, a sua chegada é também sinal de uma catástrofe iminente, individual ou comunitária.

“Sou um monstro que existe para traduzir a vida em palavras e mais nada, até chegar ao automatismo de suprimir a realidade a todos os sentimentos que não impressionam a máquina em que me transformo e que bem queria agora inutilizar. É tarde. É sempre tarde para mim.” (pág. 25)

Fixação do texto e Posfácio de Gustavo Rubim
Projeto gráfico de Luísa Rabello

Informação adicional

Peso 260 g
Dimensões 13 x 18 cm
Páginas

240

Idioma

Português

Ano de publicação

2015